QUEEN: a memorável lembrança da passagem da banda pelos palcos do ROCK IN RIO no ano de 1985

A banda britânica fez uma apresentação para um publico de mais de 300 mil fãs no primeiro ano do maior evento de música já feito no país.

O DIA MAIS ESPERADO PELOS FÃNS

O anuncio do primeiro festival Rock na cidade do Rio de Janeiro no ano de 1985 titulado como – Rock in Rio – veio acompanhado de muita euforia por parte dos amantes desse estilo musical. Os fãs aguardavam com emoção a divulgação das bandas que fariam parte desse grande evento, e, para a satisfação do público, a organização do evento trouxe para o Brasil uma das maiores bandas de rock da História conhecida como QUEEN, a banda foi responsável por reunir um número impressionante de mais 300 mil pessoas no primeiro dia de apresentação do grupo, e carrega o titilo ate os dias atuais de maior recorde de público nas edições do Rock in Rio.

A PASSAGEM DA BANDA PELO PAÍS

Os amantes de rock que participaram da primeira edição desse grande evento, ainda carregam dentro de si  a emoção de poder escutar grandes sucessos da banda como: Bohemian Rhapsody, Love of my Life, We Are the Champions, I Want to Break Free e We Will Rock You.

Apesar da grande idolatria dos fãs nos palcos, a banda também chamou bastante atenção do lado de fora deles com ações polemicas que tiveram enormes repercussões na época.

Segundo um dos produtores do evento, o vocalista da banda britânica Freddie Mercury exigiu que todas as pessoas que estivessem nos corredores que davam acesso ao palco da apresentação da banda fossem retiradas do local para que todos os corredores ficassem vazios durante o seu trajeto até o palco. Outra conduta da banda que foi motivo de vários comentários durante um período de tempo foi uma entrevista feita pela repórter Glória Maria, que ainda se encontrava no inicio da sua carreira, ao vocalista da banda de rock do Queen. Foram necessários poucos minutos de entrevista para que os telespectadores pudessem notar o desconforto entre a repórter e o entrevistado.

Tudo ocorreu pelo fato de que a repórter Glória Maria ainda não tinha total domínio pela língua inglesa, por isso apresentava alguma dificuldades nas suas argumentações.

A repórter perguntou ao vocalista se a música I Want to Break Free fazia alguma referencia a comunidade gay e em seguida o vocalista respondeu que não era responsável pela letra.

Em seguida a repórter tentou dar continuidade a entrevista perguntando sobre como era estar na posição de líder da banda Queen, o Freddie Mercury logo tratou de interrompe-la dizendo que não era nenhum tipo de líder, apenas o vocalista da banda

O decorrer da entrevista foi ficando cada vez mais constrangedor para ambas as partes, a repórter estava fazendo perguntas em inglês e logo em seguida  repetindo-as em português, esse fato causou uma certa irritação no vocalista do QUEEN, que não estava entendendo o motivo da repetição e alegava após cada repetição, que já havia respondido a pergunta e pedia para a reporter prosseguir a entrevista.

Após a verbalização da entrevista, a reporte se justificou alegando que realmente não possuía um grande domínio do inglês no momento do ocorrido, mas que isso não foi empecilho para o desenvolvimento da entrevista, o fato que causou desconforto, foi à repórter ter se esquecido de informar ao Freddie Mercury que iria repetir as perguntas novamente em português também.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.