PROFESSORES CONVOCAM GREVE PARA DIA 14 DE OUTUBRO DE 2019

PROFESSORES CONVOCAM GREVE PARA DIA 14 DE OUTUBRO DE 2019

Todos os anos grande parte dos professores (que também estão ganhando cada vez mais apoio dos alunos e da comunidade), vão à luta, em busca da valorização do seu trabalho, e mais uma vez os professores se vêem obrigados a paralisam as suas atividades para garantirem a qualidade no trabalho e a aplicabilidade dos seus direitos

A pauta da greve que será feita pelos professores dessa vez, visa exigir que todos os docentes tenham o direito de cumprir apenas 35 horas de jornada de trabalho semanais, conforme o regime que é aplicado aos demais trabalhadores da Administração Pública e o Estatuto da Carreira Docente.

As jornadas de trabalho cumpridas pelos trabalhadores estão sendo consideradas “ilegais ” grande parte dos professores estão cumprindo em média 46 horas de trabalho semanais . Os horários incluem a presença em sala de aula com os alunos (horário letivo), presença em reuniões escolares e demais compromissos com o ministério da educação, e ainda organização e preparação do trabalho individual feito na casa do próprio discente

ACUSAÇÃO DA FEDERAÇÃO NACIONAL DOS PROFESSORES (FENPROF) AO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

A Federação Nacional dos Professores (FENPROF) faz uma acusação ao Ministério da Educação alegando que a greve será feita devido à falta de aplicação das leis pelo Ministério da Educação e a conservação de abusos e ilegalidades nos horários, ainda complementou que o órgão em tempo algum apresentou instruções oficiais que contribuiriam para a eliminação da totalidade de abusos e ilegalidades feitos pelas escolas, tornando- se desta forma verdadeiros cúmplices das inúmeras confusões e desordem dos horários de trabalho dos professores. Desta forma os professores se protestaram novamente afirmando ser inadmissível que um mesmo governo que subtrai anos de ofício aos professores determine que em cada ano, turnos de trabalho que exacerbam em 30%

A Federação Nacional dos Professores (FENPROF) culpabiliza ainda os responsáveis pelo Ministério da Educação por difundirem a noticia de que a greve feita no ano anterior não obteve nenhum tipo de resultado, o que na verdade é uma noticia falsa,  visto que a greve feita pelos professores fez com que as direções corrigissem as ilegalidades e acabasse com os abusos

PRÉ-AVISO DE GREVE FEITO AO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

Os professores juntamente com a Federação Nacional dos Professores (FENPROF), fizeram nessa manhã (dia 07 de outubro de 2019) um pré-aviso ao órgão do Ministério da Educação informando sobre a proposta de grave que será feita pelos discentes no dia 14 de outubro, juntamente com uma proposta de acordo entre as partes.

Além dos assuntos tratados anteriormente, a greve visa contestar todas as reuniões e demais atividades não previstas que extrapolem às 35 horas semanais de trabalho

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.