PRÉDIO DE SETE ANDARES DESABA EM FORTALEZA; UMA PESSOA MORREU

PRÉDIO DE SETE ANDARES DESABA EM FORTALEZA; UMA PESSOA MORREU

Uma tragédia abalou os moradores de cidade de Fortaleza – Ceará nesta manhã de terça-feira, dia 15 de outubro.

Moradores se assustaram com o grande barulho do desabamento de um prédio aparentemente antigo de 7 andares, que ficava localizado na rua Tibúrcio Cavalcante com a Tomás Acioli, no bairro Dionísio Torrres.

VITIMAS DO DESABAMENTO

OS bombeiros estimam que dentre as vitimas do desabamento, há entre 10 a 15 pessoas que ainda encontram-se sob os escombros, e oito pessoas foram resgatadas ainda com vida e estão sendo atendidas através do Samu (serviço móvel de emergência). Foi confirmada a morte de uma vitima no local, porem ainda não foi divulgada a sua identidade. Ainda não foi feita nenhuma confirmação oficial o que provocou o acidente  

O resgate das vitimas conta com o auxilio de drones e também de cães farejadores. Os bombeiros estão trabalhando com ponderação, pois existe o risco de ocorrer um novo desmoronamento no local

 As famílias juntamente com as equipes de resgate tentam se comunicar com as vítimas que estão nos escombros através da utilização de aparelhos telefônicos A prefeitura da cidade informou que disponibilizou o auxilio de assistentes sociais e psicólogos para prestar amparo aos que aguardam informações

PRONUNCIAMENTO DAS AUTORIDADES DE FORTALEZA

O prefeito se pronuncia através das mídias de comunicação informando a população de que está prestando todo apoio possível aos familiares das vítimas do desabamento e garantiu que a população verá a responsabilização dos que contribuíram para que essa tragédia viesse a acontecer. Ele ainda complementou dizendo que os órgãos de fiscalização urbana não foram notificados sobre nenhuma obra em execução no edifício. Já o governador do Ceará, Camilo Santana (PT), utilizou as suas redes sociais para comunicar o cancelamento de toda a sua agenda desta terça-feira, e informou que estava retornando para a cidade de Fortaleza para poder auxiliar na operação de resgate, ainda informou que foi determinada a utilização de completa de toda a força operacional da Defesa Civil, Samu, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e todos os órgãos estaduais que sejam capazes de auxiliar no socorro das vítimas.

RELATO DAS PESSOAS QUE PRESENCIARAM A TRAGÉDIA

A dona de comercio que realiza as suas atividades a 100 metros de distancia do edifício, afirmou a imprensa que ouviu um barulho muito alto como se fosse uma espécie de explosão , quando foi verificar do que se tratava, acabou se deparando com uma imensa nuvem de poeira que tomou conta de toda a rua, impossibilitando a visão sobre o que estava ocorrendo. Outra testemunha da tragédia relatou que demorou em entender o que estava acontecendo, pois só era possível vr os destroços e as pessoas correndo e chorando pelas ruas  

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.