CINQUENTENÁRIO DA TORCIDA JOVEM

A maior e melhor torcida do Brasil completa 50 anos

O dia 26 de setembro de 2019 foi um dia de muita alegria para o time do Santos, a titulada Torcida Jovem, completou 50 anos de fundação.

Foram longos caminhos percorridos pelos torcedores e pelo clube para chegaram até aqui carregando o titulo de maior e melhor torcida do Brasil. O time carrega a honra de ser considerado como o melhor time de futebol de todos os tempos segundo uma enquete mundial realizada pela revista El Gráfico 

VAMOS A UMA BELA RETROSPECTIVA DA CAMINHADA DESSE TIME INCRÍVEL ?

1968 a 1969

Entre os anos de 1968 e 1969, o Santos foi considerado através de pesquisas nacionais feitas pelo Ibope como o detentor da maior e holista do Brasil.

Por trás dessa conquista são refletidos todos os esforços da equipe para alcanças essa realidade, no ano de 1968 os responsáveis pela direção do Santos, tiveram a brilhante idéia de fretar alguns ônibus para que fosse possível deslocar alguns garotos com idades entre 12 a 21 anos, até um jogo que aconteceria no Maracanã, a partida seria entre o Alvinegro e o Botafogo pelo Torneio Roberto Gomes Pedrosa/ Campeonato Brasileiro.Nese dia infelismente eles não puderam ver a vitoria do clube, mas puderam comemorar a vitoria pelos três jogos seguintes da equipe contra os times do Vasco, do  Internacional, e do Palmeiras, levando a equipe a conquistar sexto título brasileiro.

As conquistas foram aumentando cada dia mais, e o grupo de garotos, continuou na saga de acompanhamento dos jogos do clube, porem o nome titulado como Torcida Jovem , só foi oficialmente originado no dia 26 de setembro de 1969, após uma reunião da pequena torcida do Santos  composta por 13 pessoas, o grupo era composto pelos garotos conhecido pelo nome de : Cosmo, Magrão,Celso Jatene, Chacrinha, Mestre Pedrão, Zuca, Almir, China,dentre outros. A decisão do nome e a oficialização da torcida jovem, aconteceu na casa do adolescente Cosmo Damião que na época, tinha apenas 14 anos de idade.

A grande mobilização desses jovens foi capaz de transformar a perspectiva das arquibancadas do futebol paulistano

1973

No ano de 1973 a torcida do São Paulo já era responsável por lotar os estádios em dias de jogos do time. Entre em jogo entre as equipes do Santos e Portuguesa a torcida ocupou 80% das vagas do estádio e conseguiram bater o recorde de torcedores do Estado e do Morumbi, com exatamente 116. 156 pessoas.

1977

Em 1977 os torcedores surpreendem a equipe novamente, por baterem o recorde de público no Pacaembu, com 68 327 torcedores pagantes

Em 11 de dezembro de 1977, em um jogo pelo Grupo H do Campeonato Brasileiro, novamente com maioria de santistas, Santos e Palmeiras bateram o recorde de público do Pacaembu, com 68 327 pagantes.

Em 15 de outubro de 1978 os mesmos Santos e Palmeiras estabeleceram um recorde que perdura até hoje de maior público em clássicos disputados em São Paulo: 127 723 pessoas.

Em 16 de novembro de 1980 foi a vez do São Paulo jogar para o maior público de sua história: 122 209 pessoas, a maior parte delas santistas, no primeiro jogo da final do Campeonato Paulista de 1980.

No Campeonato Brasileiro de 1983 os dois jogos contra o Flamengo, no Morumbi, atraíram um público total de 225 592 pessoas.
Nesse período, sete clássicos contra o Corinthians atraíram mais de 100 mil pessoas ao Morumbi.

Enfim, a Torcida Jovem, que hoje completa 50 anos de fundação, foi essencial para mostrar ao torcedor santista uma força que ele ainda não sabia que tinha. Também escola de samba desde 2003, hoje a Torcida Jovem está sediada no Jardim Aricanduva, Zona Leste de São Paulo, e continua com o lema: Com o Santos, onde e como ele estiver.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.