CARLOS BOLSONARO ABANDONA TODAS AS SUAS REDES SOCIAIS

POLÊMICA NAS REDES SOCIAIS

O filho do presidente Jair Messias Bolsonaro conhecido como Carlos Nantes Bolsonaro, de 36 anos, atua como vereador pelo PSC na Câmara Municipal do Rio de Janeiro desde o ano de 2001 vêm sendo motivo de muitos ataques nas redes sociais por conta das suas publicações feitas desde quando o seu pai decidiu trilhar caminhos para alcançar a presidência e agora que Bolsonaro está a frente na presidência as perseguições aumentaram ainda mais. O atual presidente afirmou que as atuações de Carlos Bolsonaro através das suas redes sociais tiveram um papel importante na vitória do pai nas eleições do ano passado, a conta do Twitter de Carlos possuía mais de um milhão de seguidores.

O vereador Carlos Bolsonaro, também conhecido como “02” utilizou por diversas vezes as suas plataformas digitais para lançar em várias momentos, ataques contra figuras que fazem parte do primeiro plano do atual governo, argumentando ainda precipitadamente sobre  a queda de alguns deles.

A DESATIVAÇÃO DAS REDES SOCIAIS

Todas as redes sociais de Carlos Bolsonaro,que também é responsável por administrar as redes sociais do presidente Jair Bolsonaro, foram desativadas na manhã desta  terça-feira, dia 12 de novembro de 2019, até o momento não houve nenhum pronunciamento do por parte de Carlos Bolsonaro sobre o ocorrido. Ao ser questionado sobre o ocorrido, um membro do gabinete de Carlos Bolsonaro, disse que não tem nada a declarar

ENVOLVIMENTO DOS ADMINISTRADORES DAS REDES SOCIAIS

Rumores de que a exclusão de uma das redes sociais tinham partido de uma desição superior dos responsáveis pelo Twitter, Instagram, e Facebook e foram negados por parte dos administradores das redes sociais, ambos afirmaram   que não tiveram nenhuma influência na ação realizada pelo vereador.

DESINTOXICAÇÃO DAS REDES SOCIAIS

Uma fonte anônima informou a um jornal de grande circulação que Carlos Bolsonaro vinha passando por fortes irritações com muitas situações que estão ocorrendo, e para preservar a sua saúde mental, deverá se ausentar das redes sociais por pelo menos um mês

Calor postou uma mensagem na conta no twitter de seu pai sem que tivesse o seu consentimento, porém, se desculpou posteriormente pelo seu ato

No mês de setembro, Carlos Bolsonaro causou polêmica ao fazer uma publicação na sua conta pessoa no Twitter que gerou diferentes tipos de interpretações que não condizem com a idéia principal a ser repassada, a publicação afirmava que não acontecerá na velocidade que desejamos a transformação que o Brasil se agirmos através dos por meios democráticos.

A publicação gerou revolta em grande parte das pessoas que alegavam que texto fazia apologia a volta da ditadura militar. O vereador tratou de esclarecer a publicação logo em seguida negando que teria feito a postagem com esse intuito.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.